Olhar

Olhar

Passagem do tempo Inconsequente Segue Sequência de gente   De morte, De vida, De passagem   De orquestra De música De paisagem   Nem entende Quem tenta entender   Que só de mente, Não se pode viver...   É preciso encontrar um ar! Que respira…

Leia mais
Germinar Vida

Germinar Vida

E me desnudo Encontro no frescor e ardor De ser eu mesma E consagro minha humanidade, Minha pouca santidade. Entre ser o que vivo e o sinto E nessa “consagra ação” De ações mundanas Sinto que me elevo Por ser tão humana! Tão forte, Tanta…

Leia mais
Pulsante

Pulsante

Entre os devaneios loucos da cidade me pego e me apego ao sentir. Cá interno, adentrado, querendo explodir. Não sabe, ao certo, por onde extravasar Meio na noite, sobe o açoite, e maltrata o viver... Quer ao menos um acalanto entre o sentir e o…

Leia mais